Habilidades do futuro para empresas de sucesso

Tempo de Leitura: 4 min
Pessoas em sala de reuniao

Para fazer frente ao avanço tecnológico, as empresas precisam conhecer e praticar as novas habilidades do futuro. O objetivo é manter-se à frente do tempo em conexão com um futuro bem-sucedido em seus negócios. 

Mas o que são essas novas habilidades do futuro? São capacidades essenciais para acompanhar a transformação digital, que tomou conta de todos os ambientes corporativos e veio para ficar. 

É preciso estar atento para não perder o momento certo e dar o primeiro passo em direção à prática das habilidades do futuro, Já que elas podem e devem ser desenvolvidas. 

Aliás, é de interesse dos colaboradores estar em conexão com o que está por vir. Para a empresa, as habilidades do futuro significam a sustentabilidade dos negócios e notável destaque no mercado. Já para os colaboradores, expressa a própria empregabilidade. 

Afinal, muitos postos de trabalho e profissões nem foram inventados ainda, dada a velocidade da transformação digital em curso. E os profissionais precisam estar preparados para essa verdadeira revolução dos negócios que moldará o mundo dos empregos até 2030. 

>> Confira: 4 diferenciais da Pearson Corporate Solutions para as empresas


10 principais habilidades do futuro para empresas de sucesso 

1. Flexibilidade cognitiva

Nada mais é do que ampliar o modo de pensar sobre como encontrar novas formas de resolver problemas ou outras maneiras de alcançar metas.  

Essa habilidade faz com que o profissional saia de sua zona de conforto e se desafie a buscar novos conhecimentos e novas oportunidades. 

2. Poder de negociação

Habilidade indispensável ao profissional que pretende estar preparado para o futuro, independentemente da posição que ocupa. É necessário saber negociar não só com clientes e fornecedores, por exemplo, mas com a equipe e gestores. 

3. Disposição para colaborar

O profissional com essa habilidade será capaz de dar suporte a clientes. E ao conhecer o perfil do cliente, saberá orientar, oferecer o serviço e tirar dúvidas.  

Essa postura colaborativa faz bem para o relacionamento da empresa com seu público consumidor. Ganha em prestígio e respeito. 

4. Autonomia

Os colaboradores precisam estar preparados para decidir, sem precisar esperar pelo aval do líder imediato. Muitas vezes, essa agilidade na tomada de decisão pode fazer toda a diferença para o resultado da empresa.  

Ao lado da autonomia, o profissional deve exercitar a proatividade, saber compreender números, elaborar estratégias e analisar dados. 

5. Inteligência emocional

Habilidade das mais importantes, a inteligência emocional diz respeito ao controle das emoções dos profissionais frente a diferentes situações do dia a dia.  

Pessoas bem desenvolvidas sabem gerenciar seus próprios sentimentos. E, também, reconhecem os dos outros. Trata-se de uma vantagem competitiva que auxilia diretamente na gestão da empresa e nos seus resultados. 

6. Relacionamento interpessoal

Ter empatia é fundamental para quem quer desenvolver essa habilidade. É preciso estar conectado às necessidades do outro e se colocar no lugar de clientes e equipe de trabalho para pôr em prática novas iniciativas que podem impactar a vida deles.  

Colocar-se no lugar do próximo significa cultivar uma conexão saudável, independentemente das diferenças existentes no grupo. 

7. Gestão de pessoas

A competência de gerir pessoas é cada vez mais valorizada no mercado. Afinal, os profissionais são o coração das organizações. E é natural que adoeçam e fiquem cansados ou desmotivados.  

É por essa razão que os responsáveis pelo RH devem saber gerenciar as equipes, mantendo-as produtivas e engajadas com os objetivos da organização. 

8. Criatividade

Habilidade indispensável para conectar informações e dados diferentes e apresentar uma nova maneira de pensar, de fazer. A criatividade é o que nos difere das máquinas. Com ela, pode-se apresentar soluções inovadoras para o negócio. 

9. Pensamento crítico

É uma habilidade do futuro que estará em alta entre as empresas, em qualquer tempo. O profissional que possui o pensamento crítico apurado será o responsável por pensar de forma lógica e racionalizar as decisões. 

O pensamento crítico é o que torna o profissional capaz de ponderar entre vantagens e desvantagens de um novo processo que está sendo implementado, por exemplo.  

Pensar com um olhar crítico constrói soluções mais sólidas e pode significar um diferencial competitivo, tanto para a empresa quanto para o profissional. 

10. Capacidade de resolver problemas

Como uma habilidade do futuro, os profissionais terão que ser flexíveis para encontrar a raiz do problema e determinar uma solução adequada e duradoura. 

Gostou desse conteúdo que conecta você com o futuro? Então, saiba agora como aplicar o desenvolvimento de competências na sua empresa! 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS