3 formas de ser uma empresa inovadora

Tempo de Leitura: 4.5 minutos
grupo-de-trabalho-em-reuniao-de-trabalho-inovadora

As empresas buscam de todas as formas implementarem uma cultura inovadora na forma de fazer negócios, mas o que torna uma empresa inovadora? Primeiro, não podemos confundir inovação e tecnologia. Apesar da proximidade, não são sinônimos.

Além dos avanços tecnológicos, para uma empresa ser realmente inovadora, ela precisa trazer algo novo para o mercado: solução, produto, serviço, método. Algo que não seja conhecido ou utilizado de forma produtiva e eficiente. Resumindo: algo nunca visto antes e que traga resultados expressivos.

Conseguir reunir diversos fatores para que essa companhia seja considerada inovadora no mercado que atua vai trazer muito além dos resultados financeiros. Muita coisa entra na jogada. Produtividade, competitividade, valor de imagem, desejo por parte dos clientes e também dos profissionais.

Mas precisamos voltar a pergunta inicial: o que torna uma empresa inovadora? Vamos tentar responder!

Um dos maiores desafios, que exige esforço diário, é construir uma empresa inovadora e conseguir manter as características necessárias para transformar isso numa cultura do ambiente empresarial.

Essas medidas podem ser com o lançamento de uma grande quantidade de novos produtos, no grande investimento para a criação de novas tecnologias, ou investimento para capacitar a equipe em algo inteiramente novo. O que estamos querendo dizer, é que existem muitas alternativas para incentivar a inovação. Pode ser até um ambiente descontraído para trabalhar.

Mas, apesar das inúmeras possibilidades, não é simples de conseguir de forma verdadeira. Talvez, por ser difícil de alcançar, os impactos nos indicadores de eficiência e produtividade são tão impactantes por conta de uma cultura inovadora bem aplicada.

1 – Crie uma cultura de criatividade com diversidade

2020 foi um ano diferente, todos nós sabemos o porquê. Com o trabalho em home office sendo praticamente obrigatório, ficou claro que as empresas têm muito espaço e chances de inovar e, não necessariamente, em novas tecnologias.

Por exemplo, algo que se evidenciou, foi a necessidade de focar na equipe, nas pessoas. As empresas precisam encontrar maneiras de transformar a equipe prioritária e protagonista, para que a criatividade floresça e, com ela, ideias que realmente façam a diferença.

Existe uma frase que diz: transforme as pessoas. Elas vão transformar a empresa. Isso quer dizer que não é o ambiente que vai gerar inovação. É a equipe.

E, para reunir uma equipe talentosa e criativa, começa no processo de recrutamento. Uma das atividades mais eficientes para enxergar formas criativas de resolver uma dificuldade, é olhar para aquele problema de diferentes formas. Uma perspectiva diferente pode apresentar a solução.

A maneira mais fácil de ter diferentes pontos de vista é ter pessoas com diferentes backgrounds, bagagem de vida, experiências pessoais e profissionais. E isso só se alcança de uma forma: construindo uma equipe diversa.

É importante ter pessoas de diferentes raças, etnias, gêneros, religiões e classes sociais na formulação das ideias. Assim, mais pessoas serão acolhidas por aquele produto ou serviço inovador.

Não importa se a empresa possui uma área de inovação grande com programas de parcerias com startups, e não garantir que as pessoas tenham a possibilidade de inovar com diferentes pontos de vista. Pessoas similares oferecerão soluções similares.

2 – Mantenha o foco no cliente

Como falamos no início deste artigo, não podemos confundir inovação com tecnologia. Uma empresa inovadora, pode ser aquela que entende a necessidade do seu público e entrega esse produto/serviço com a melhor qualidade de uma forma eficiente e com o diferencial de nunca ter sido feito antes. Afinal, tecnologias estão sempre se renovando. Para superar toda e qualquer crise, o foco precisa estar no cliente.

Vamos mirar alto. Vamos analisar a Amazon. Em um ano tão complicado, com uma pandemia mundial, todo o debate sobre a contaminação dos funcionários das empresas, a Amazon segue a marca mais valiosa do mundo, pois consegue superar as expectativas dos clientes entregando seus produtos em uma velocidade inimaginável.

O que eles fazem de tão inovador? Eles sabem o que o cliente quer. Facilidade e agilidade. E eles entregam isso de uma forma nunca feita antes. Isso é inovação.

O foco está no cliente. A necessidade do cliente fez a empresa se tornar mais eficiente, mais produtiva. Conhecer as reais necessidades do público é prioridade e, por isso, uma pesquisa de mercado pode ser o primeiro passo necessário para colocar o seu negócio na rua. O que o as pessoas querem, como e quando?

3 - Encare os erros como uma startup

Diversificar o portfólio de inovações pode ser uma boa ideia. Não faça uma única aposta e corra o risco de perder todo o investimento. Se algum projeto apresentar resultados positivos, invista mais nele. Deu errado? O valor gasto não era gigantesco.

Apesar da cultura de inovação, é claro que muitas ideias não vão vingar. Talvez até falhem rapidamente. É importante perceber o erro, errar rápido, cancelar esse projeto e partir para o próximo.

Aprenda com os erros. Se um processo não está funcionando com a eficiência que deveria estar, preste atenção, converse com a equipe, entenda os problemas e corrija-os. Esse trabalho é crucial e deve partir da liderança.

O objetivo de toda empresa é errar o menos possível, tornar os processos instáveis em produtivos. Nada já vem funcionando com 100% de eficiência, serão necessários ajustes, adaptações.

Testar o seu modelo de negócio, a sua inovação, antes de lançá-lo é importantíssimo e uma das regras consagradas do modelo corporativo. Principalmente quando você pretende apresentar algo que não havia sido visto antes. Algo diferente. O erro, nessa etapa, será um professor. Aprenda com ele e evolua seu negócio. Se o resultado não foi satisfatório, mude. Tente algo novo.

Conclusão

Como vimos, a o seu negócio pode ser uma empresa inovadora. É uma mudança de cultura, de posicionamento, na maneira de controlar a sua companhia. É uma maneira de destacar-se dos concorrentes e se tornar líder de mercado.

Invista em uma equipe diversa. Essa é uma medida que precisa iniciar nos processos de recrutamentos. Diferentes pontos de vista, diferentes backgrounds, vão proporcionar soluções diferentes e inovadoras para o mesmo problema. E essa diversidade precisa estar, inclusive, nos cargos de liderança.

Mantenha o foco sempre no seu cliente. Ele é sua bússola. Entenda as necessidades do seu público e trabalhe para realizá-las.

Realize pesquisas de mercado. Elas vão te apontar os erros e a empresa deve aprender com esses defeitos. Diversifique os investimentos em inovação, diferentes produtos, diferentes processos. O que apresentar melhor resultado, merece sua atenção e talvez mais poderio financeiro.

Quer promover cada vez mais a diversidade no seu ambiente de trabalho? Está ao seu alcance. Conheça o Mestre em Diversidade Inclusiva e inicie mudanças positivas de diversidade e inclusão na sua empresa.​

ÚLTIMAS NOTÍCIAS