Recrutamento inteligente: conheça a avaliação psicológica TalentLens

Tempo de Leitura: 5min
recrutamento inteligente

Fazer um processo seletivo mais assertivo, eficiente e que garanta todos os benefícios para o negócio sempre é um grande desafio para empresas de todos os portes e segmentos. Neste contexto, surgem melhores práticas, como o recrutamento inteligente, que contribui para encontrar, atrair e manter talentos na organização.

Para deixar esse processo seletivo ainda mais adequado foi desenvolvido a TalentLens, plataforma de avaliação psicológica, de personalidade e cognição voltada ao universo corporativo.

O sistema promove um teste seguro e confiável, totalmente digital, podendo ser personalizado conforme as necessidades de sua empresa.

Além disso, possibilita o recrutamento inteligente, levando a área de Recursos Humanos e os gestores a tomarem decisões adequadas nos processos de contratação. Tudo por meio de testes online, precisos e alinhados aos objetivos de cada companhia.

Com a TalentLens você pode identificar diferentes estilos de trabalho e prever o desempenho dos candidatos, avaliando sua adequação em qualquer nível ou posição na empresa.

Outra vantagem está nas excelentes funcionalidades com acesso 100% digital. Aliás, possui uma base simples e intuitiva, que gera confiança e agilidade no processo de recrutamento.

O gestor terá em mãos relatórios completos sobre o perfil do candidato, bem como sobre o seu potencial de desempenho como colaborador. São informações ricas e detalhadas que permitem a formação de equipes de sucesso.

Recrutamento inteligente da TalentLens com mais de um século de confiança

As avaliações da TalentLens são acompanhadas por inteligência artificial (IA) durante todo o processo, entregando resultados cientificamente comprovados e considerados os mais confiáveis no mundo.

O método é chancelado pela Pearson, líder global em avaliações para profissionais desde 1921. Já em 1925, a Pearson desenvolveu os primeiros testes para a contratação.

Hoje, a empresa é líder em avaliações de talentos, ajudando negócios a identificar objetivamente os melhores candidatos, a colocá-los nas funções certas e a prever o desempenho de suas novas contratações.

A ferramenta fornece uma visão das habilidades de pensamento crítico do candidato, bem como sua acuidade linguística e suas aptidões para o setor em que irá trabalhar.

Outra vantagem das avaliações no recrutamento inteligente é a economia de tempo e dinheiro para a empresa. Isso porque concentra os esforços de recrutamento da área de RH nos melhores candidatos para o trabalho.

Complemente a sua leitura!

👉 Funil de recrutamento: como usar e otimizar a seleção de candidatos

👉 Recrutamento e seleção pós-pandemia: 8 tendências que permanecerão

👉 Gestão de RH: 8 características fundamentais para avaliar na seleção

Avaliação psicológica e testes psicométricos: TalentLens na prática

TalentLens oferece várias avaliações e testes psicométricos para serem usados para recrutamento inteligente, seleção e desenvolvimento de candidatos.

Os testes de aptidão TalentLens mais populares usados pelos recrutadores envolvem pensamento crítico, liderança, responsabilidade social, colaboração e trabalho em equipe, autogerenciamento e comunicação. Conheça os três principais testes:

1 - WATSON-GLASER TEST™ III

O teste avalia a tomada de decisão, o raciocínio lógico e o pensamento crítico nos mais diferentes cargos e níveis hierárquicos. Confere o potencial do candidato e a sua prontidão para o trabalho.

As pontuações são baseadas em um modelo de pensamento crítico, que engloba: reconhecer suposições, avaliar argumentos e tirar conclusões. Pode ser usado para o desenvolvimento profissional da liderança.

O candidato que apresenta essa habilidade é capaz de analisar os fatos para formar um julgamento. Refere-se a um pensamento claro e racionalidade, de forma reflexiva e independente. E, assim, compreende a ligação lógica entre as ideias.

O teste Watson-Glaser da TalentLens mede essa capacidade de raciocinar e de aprender ativamente. Os pensadores críticos questionam ideias, suposições e argumentos antes de formar uma opinião, ou seja, identificam, analisam e resolvem problemas de maneira sistemática.

Além disso, estão abertos a se aprofundarem mais no aprendizado e a corrigir os próprios erros. Trabalham mais com o raciocínio e menos com a emoção e intuição. Não agem com impulsividade.

Contar com um profissional de pensamento crítico é ter na sua empresa alguém comprometido com a função, de confiança e que apresenta um perfil sereno, tranquilo e seguro para lidar com qualquer tipo de situação.

2 - DIFFERENTIAL APTITUDE TEST™

Este teste avalia habilidades cognitivas gerais, perceptivas, clericais (do dia a dia) e de linguagem. Este teste está relacionado à comunicação e é composto por seis partes diferentes:

1. Raciocínio verbal

Avalia a capacidade do candidato de interpretar informação escrita e tirar conclusões lógicas.

O raciocínio verbal faz parte da capacidade cognitiva ou inteligência geral da pessoa. É a forma como ela percebe, organiza e aplica o conhecimento por meio da linguagem.

2. Habilidade numérica

Avalia a maior ou menor facilidade que um candidato tem para lidar com unidades e valores numéricos. Além disso, identifica a aplicação desses conhecimentos ao solucionar problemas do dia a dia corporativo e avaliar soluções eficientes.

3. Raciocínio abstrato

Mede o nível de abstração do indivíduo, ou seja, sua capacidade de perceber a existência de um princípio implícito e lógico.

Além disso, complementa os aspectos intelectuais genéricos da parte verbal e numérica, além da capacidade de perceber detalhes, semelhanças e diferenças. Pessoas com alta capacidade de raciocínio abstrato são mais propensas a serem criativas na resolução de problemas imprevisíveis.

4. Raciocínio mecânico

Mede a capacidade de compreender os princípios básicos da mecânica para operar máquinas, equipamentos, ferramentas, entre outros. Trata-se da capacidade que o indivíduo tem de manipular objetos e compreender seus mecanismos.

5. Relações espaciais

Aqui verifica-se razão, proporção, espaço métrico, coordenadas geográficas e outras percepções. As relações espaciais são formas de interação e percepção dos indivíduos com o mundo.

6. Uso da linguagem

Avalia o uso da linguagem do candidato e o modo como ele se expressa em suas diferentes funções, como emotiva, fática, conativa, metalinguística e poética.

3 - WORK STYLE LENS

Esse método de avaliação auxilia na tomada de decisão segura durante o processo de recrutamento e seleção. Ele oferece uma visão significativa de como a personalidade de um candidato deve influenciar seu comportamento no local de trabalho.

Os resultados indicam a probabilidade de uma pessoa ser orientada para a liderança e com tolerância ao estresse. Explicam também se possui tendência para o trabalho independente, entre outras características. O teste destaca os profissionais que exercem:

Liderança

Quando o indivíduo tem a habilidade de motivar e inspirar pessoas positivamente, por meio principalmente de suas atitudes.

O líder, diferentemente do chefe, busca influenciar e conduzir a equipe para um mesmo objetivo, fazendo com que ela participe do processo. Portanto, pensa na coletividade.

Responsabilidade social

Esse conceito inclui o modo de pensar e agir de forma ética nas relações das pessoas, grupos ou empresas. Trata-se de como cada um pode e deve praticar ações voluntárias pensando no bem-estar comum e do próximo, como em relação à comunidade onde vive.

Colaboração e trabalho em equipe

Essa característica é importante e busca avaliar se o candidato tem o perfil de trabalhar de forma colaborativa e em equipe. Ou se tem a tendência natural de trabalhar isoladamente.

No entanto, o perfil mais procurado é aquele que tem a facilidade de trabalhar em equipe, melhorando assim a capacidade de resolver problemas e tomar decisões por meio de um esforço coletivo.

O trabalho em equipe possibilita a troca de conhecimento, experiências e agilidade no cumprimento de tarefas. Tudo isso otimiza a gestão de tempo, melhora a produtividade e traz resultados mais consistentes para a companhia.

Autogerenciamento

Saber gerenciar a si mesmo é uma competência exigida para o profissional que quer crescer e aprender a identificar as melhores oportunidades para sua carreira.

Tendo o conhecimento de seus pontos fortes e fracos, o indivíduo pode trabalhar essas potencialidades para melhorar sua performance na empresa e superar suas limitações.

Conte com a TalentLens para ajudar sua organização a fazer um recrutamento inteligente! Conheça mais sobre a solução e comece a otimizar o quanto antes o seu processo seletivo!

Conheça algumas empresas que já utilizam a TalentLens para o recrutamento e seleção! 👇



Fique por dentro de inovações e dicas de negócio. 👇

Siga-nos no LinkedIn

ÚLTIMAS NOTÍCIAS